Por: Paulo Chagas | 09/01/2018

A Comissão Estadual de Leilão do Detran/SC encerrou mais um ano em crescente desenvolvimento. O aumento, tanto no número de veículos leiloados, como nos municípios credenciados, foram fatores primordiais para a elevação da arrecadação. Em 2017, foram leiloados 19.529 veículos, sendo 4.151 conservados e 15.378 sucatas, com uma arrecadação de R$ 20.256.810,00, beneficiando 124 municípios. Em 2016, foram leiloados 19.086 veículos, sendo 4.039 conservados e 15.047 sucatas, totalizando uma arrecadação de R$ 18.224.165,00, referentes apenas aos leilões por medidas administrativas.

Os veículos com restrições judiciais que não podem ser levados a leilão, desde 2015, são submetidos ao processo de prensagem e encaminhados para a reciclagem, o que garante um fim ecologicamente correto. Nesse sentido, a comissão também contabiliza o aumento dos números, totalizando, este ano, 1.168 veículos prensados, gerando 423,94 toneladas de material ferroso, o que garantiu uma arrecadação de R$ 80.548,70. Em 2016, foram 931 veículos.

Para 2018, estão previstos 24 certames, de março a dezembro, com início dia 6, em São José, beneficiando 167 municípios. O calendário, sujeito a alterações, está disponível no site do Detran/SC.

“Assumi a presidência da Comissão nestes últimos meses de 2017 e verifiquei o excelente trabalho desenvolvido por toda a equipe. Os resultados comprovam a dedicação e o alto grau de profissionalismo com que desempenharam suas funções. Em 2018, pretendemos alavancar ainda mais os projetos, que permitirão melhor desempenho e eficiência nos serviços prestados à sociedade catarinense em relação à celeridade e abrangência dos leilões de veículos apreendidos e removidos em todo o estado”, concluiu o coronel PM RR Djalma Cunha Júnior, presidente da Comissão Estadual de Leilão.

Informações adicionais para a imprensa

João Carlos Mendonça Santos

Assessoria de Imprensa