Economia Geral

Evento sobre fruticultura vai reunir mais de mil pessoas em São Joaquim

Mais de mil pessoas estão sendo esperadas em São Joaquim para participar do 13º Senafrut – Seminário Nacional sobre Fruticultura de Clima Temperado, que acontece de 12 a 14 de junho, no Centro de Eventos Newton Stélio Fontanella. O evento, que vai reunir fruticultores, pesquisadores, estudantes, técnicos e empresários, é um dos maiores do ramo no Sul do país.

A programação conta com 23 palestras, proferidas por profissionais de renome nacional e internacional. Além de pesquisadores da Epagri, Embrapa e UFSC, palestrantes da Holanda, França, Israel e Colômbia estarão debatendo temas como comercialização e mercado da maçã, adubação, fertirrigação, doenças e pragas da macieira, mudanças climáticas, enoturismo, entre outros.

O Seminário também terá um espaço destinado para exposição dos pôsters dos resumos, resultados de mais de 220 trabalhos científicos inscritos. Além da parte técnica, os participantes vão poder visitar a exposição de produtos, serviços, máquinas e implementos, que reúne mais de 50 empresas do ramo.

O presidente da Comissão Organizadora do Senafrut e gerente da Estação Experimental da Epagri em São Joaquim, Marcelo Cruz de Liz, explica que o evento tem como objetivo o fortalecimento da fruticultura, buscando profissionalização de forma organizada e consciente. “É preciso estar preparado para enfrentar os desafios produtivos e do mercado, com competitividade, sempre com a premissa de levar uma fruta segura até o consumidor, que está cada vez mais exigente”, destaca.

Marcelo explica que os participantes terão oportunidade de aprofundar seus conhecimentos em mecanização das práticas culturais e uso de técnicas e produtos mais modernos e eficientes nos pomares. Ele ressalta que as tecnologias apresentadas no Senafrut buscam diminuição dos custos de produção, com elevação da qualidade dos frutos e da produtividade dos pomares, resultado em uma fruticultura mais eficiente e profissional.

Santa Catarina se destaca na fruticultura temperada como um dos maiores produtores de maçã, vinhos de altitude, pera e frutas de caroço do país. Os dados mais recentes do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola da Epagri (Epagri/Cepa) revelam que maçã e uva, as duas principais frutas de clima temperado produzidas no Estado, responderam por 45,6% (683,3 mil toneladas) do total de frutas produzidas na safra 2016/2017.

Só em maçãs o Estado produziu 637,5 mil toneladas na safra 2016/17, mais da metade (52%) do cultivar Gala. A maçã Fuji foi responsável por 46% e as maçãs precoces responderam pelos 2% restantes. A viticultura produziu mais de 45,8 mil toneladas na safra 2016/17. A categoria de uva comum (americanas e híbridas) participou com 92% do volume produzido, as uvas viníferas (europeias) responderam por 5% do total e as uvas de mesa com os 2% restantes.

O Senafrut é uma promoção da Epagri, Prefeitura de São Joaquim, Governo do Estado de Santa Catarina, Associação do Engenheiros Agrônomos de SC (Assea), Associação dos Produtores de Maçã e Pêra de Santa Catarina (Amap) e Embrapa.

Serviço

  • O que: 13º Senafrut – Seminário Nacional sobre Fruticultura de Clima Temperado
  • Quando: de 12 a 14 de junho
  • Onde: em São Joaquim, no Centro de Eventos Newton Stélio Fontanella
  • Informações e entrevistas: Marcelo Cruz de Liz, presidente da Comissão Organizadora do Senafrut e gerente da Estação Experimental da Epagri em São Joaquim, pelo fone (49) 99133-8775.
  • Saiba mais sobre o evento: https://senafrut.com.br/

Informações para a imprensa
Gisele Dias, jornalista: (48) 99989-2992/3665-5147
Cinthia Andruchak Freitas, jornalista: (48) 3665-5344

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *